Viu Manent Clasico Carmenère

Viu Manent Clasico Carmenère

A Viu Manent faz história em Colchagua

A Viu Manent é uma das melhores vinícolas do Chile e referência no Valle de Colchagua, onde produz vinhos há mais de 50 anos. A família é de origem catalã. Em 1935, o imigrante espanhol Miguel Viu Garcia fundou em Santiago do Chile a Adegas Viu, para comercializar vinhos no mercado local. Em 1966, seu filho Miguel Viu Manent resolveu produzir o próprio vinho e comprou em Colchagua a histórica Hacienda San Carlos de Cunaco, que contava com instalações e 150 hectares de vinhedos centenários.

A vinícola cresceu e se consolidou. Nos anos 1990 os filhos de Miguel e Bruna começaram a trabalhar na empresa. Hoje, sob o comando de José Miguel Viu, o filho mais velho, a Viu Manent produz ícones, como os tintos Viu 1 e El Incidente, uma gama completa de varietais e os alegres e interessantes tintos e brancos da linha Secreto. São distribuídos no Brasil pela importadora gaúcha Hannover. Muitos supermercados também oferecem as versões mais simples da vinícola chilena, vinhos de preço acessível e boa qualidade.

 

Viu Manent Clasico Carmenère 2016

Viu Manent – Colchagua – Chile – R$ 39 – Nota 87

A cor rubi escuro, densa, faz pensar em um tinto mais encorpado do que é na realidade. A Carmenère, uva de origem francesa que hoje praticamente só existe no Chile, tem essa característica. O Clasico é um vinho jovem, feito para se beber jovem. Sem pretensões, é um tanto rústico, mas não se assuste, é bem fácil de beber. Nos aromas e na boca mostra notas florais e algum vegetal, típico da variedade. Não é daqueles vinhos que permanecem muito tempo na boca. Enquanto fica, apresenta taninos que não agarram na língua e tem bom frescor. Vai bem com a comida do dia a dia (13%). É encontrado em diversos supermercados do Sul, de São Paulo e do Rio de Janeiro.

 


Tags assigned to this article:
CarmenèrechileColchaguaViu Manent

Related Articles

Gaúcha Peterlongo lança bons tintos com a uva portuguesa Touriga Nacional e com a italiana Teroldego

A vinícola Peterlongo, de Garibaldi, na Serra Gaúcha, está lançando dois novos tintos da série Armando Memória, um produzido com

Casa de Sabicos, vinhos portugueses com alma alentejana

O nome é bem português e os vinhos, alentejanos de raiz. Os rótulos Casa de Sabicos, do casal Joaquim Madeira

Zahil lança catálogo para 2018, com boas novidades

Ao completar 31 anos de existência, a importadora Zahil, dos irmãos Antoine e Serge Zahil, apresenta seu catálogo para 2018,

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*