Casa de Sabicos, vinhos portugueses com alma alentejana

Casa de Sabicos, vinhos portugueses com alma alentejana

Graça e Joaquim, com a adega ao fundo

O nome é bem português e os vinhos, alentejanos de raiz. Os rótulos Casa de Sabicos, do casal Joaquim Madeira e Graça Santana Ramalho, voltaram a ser distribuídos regularmente no Brasil. Desta vez, pela importadora carioca MM Rio. São produzidos na pequena Aldeias de Montoito, no Alentejo, sul de Portugal. A vinícola oferece tintos e brancos bem feitos, como a série Casa de Sabicos e os top Joaquim Madeira Tinto e Branco e o notável tinto Avó Sabica.

Aldeias de Montoito é um vilarejo da freguesia de Montoito, comarca de Redondo. Mas seus vinhos estão inseridos na sub-região de Reguengos da DOC Alentejo. A vila fica a 36 km de Évora, a capital regional. Graça Santana Ramalho e Joaquim Madeira tiveram carreiras independentes antes de iniciarem a vinícola. Ela atuou por 25 anos como professora universitária e pedagoga. O engenheiro agrônomo Joaquim, reconhecido especialista em solos, foi presidente da CVRA, a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana.

Primos, uniram-se em um segundo casamento para ambos, e decidiram retomar antiga tradição familiar e elaborar os próprios vinhos. A inspiração veio da matriarca, chamada por todos de avó Sabica, que no século XIX, ao ficar viúva, assumiu corajosamente o comando das propriedades agrícolas da família e a educação dos oito filhos. Chegou a administrar 12 mil hectares de terras, onde criava gado, cultivava cereais e produzia vinho.

Graça e Joaquim Madeira, bisnetos da Avó Sabica, possuem diversas quintas no Alentejo, com cerca de 100 hectares, e criaram a Casa Agrícola Santana Ramalho. Por volta de 1999 renovaram os vinhedos e alguns anos depois lançaram o primeiro tinto Casa de Sabicos, com as uvas da safra de 2001. Em 2004 foi construída nova e bem equipada adega, em meio aos vinhedos.

De início, o casal contava com a assessoria do respeitado enólogo Paulo Laureano. Atualmente, a direção enológica da casa é feita pelo próprio Joaquim Madeira. Os filhos de ambos começam a participar do negócio. Elsa Santana Ramalho, com experiência no mercado financeiro, ajuda a mãe na parte comercial. E José Madeira, cujo forte é a viticultura, auxilia o pai como diretor de Produção da empresa.

Na vinha, castas tradicionais  alentejanas

As uvas utilizadas nos tintos e brancos da Casa de Sabicos são provenientes de 30 hectares de parcelas selecionadas de quatro propriedades da família, com diferentes terroirs. Em todas são adotadas as Técnicas de Proteção Integrada, base para a chamada agricultura sustentável e responsável ambientalmente.

Nos encepamentos predominam as castas tradicionais alentejanas. Na ala tinta, Trincadeira, Aragonez, Alfrocheiro, Castelão, Alicante Bouschet e Touriga Nacional. Entre as brancas, Arinto, Antão Vaz, Fernão Pires e Síria. As últimas vinhas plantadas receberam também castas internacionais, como Cabernet Sauvignon, Syrah e Chardonnay.

A vinícola entrega ao mercado cerca de 140 mil garrafas de vinho por ano. Alguns rótulos, como o Avó Sabica e o Joaquim Madeira tinto, são produzidos apenas em anos excepcionais. Na gama de entrada há o tinto Alcatruz e a série Foral de Montoito. Entre a base e o topo do portfólio, mas já em um nível superior, se situam o Graça Rosé e os tintos Casa de Sabicos, três dos quais aqui avaliamos.

 

Casa de Sabicos Reserva 2013

Casa Agrícola Santana Ramalho – Alentejo – Portugal – MM Rio – R$ 170 – Nota 92

Tinto bem acabado, que mostra força e elegância. Na receita há Trincadeira, Aragonez, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon, com estágio de 12 meses em barricas novas de carvalho francês. Já com quase cinco anos de idade, traz nos aromas figo, ameixa preta, em meio a notas de tabaco e alcaçuz. Na boca é encorpado, tem taninos firmes, maduros, boa acidez e final persistente. É equilibrado e bom para acompanhar comida (14,5%).

 

Casa de Sabicos Premium 2012

Casa Agrícola Santana Ramalho – Alentejo – Portugal – MM Rio – R$ 170 – Nota 91

Vinho de bom corpo, untuoso e macio, lote de Aragonez e Cabernet Sauvignon, afinado por 12 meses em barricas novas de carvalho francês. ​Bons aromas a ameixa, tabaco e tostados. Na boca é redondo, com acidez viva e final persistente e elegante. Um vinho que se bebe com prazer (14,5%).

 

Casa de Sabicos Syrah & Aragonez 2014

Casa Agrícola Santana Ramalho – Alentejo – Portugal – MM Rio – R$ 170 – Nota 90

Tinto encorpado, mas com bom frescor e muita fruta madura. Sem passagem por madeira, lembra no nariz frutas silvestres, amora, com toques florais e algo vegetal. Tem taninos firmes e um tanto austeros, sem incomodar. A gradação alcoólica elevada é balanceada pela carga de fruta e pela boa acidez (15%).

 

Importadora: MM Rio Importação e Distribuição – Tel.: (21) 3514-3767.

E-mail: mmrio@mmriodistribuidora.com.br.


Tags assigned to this article:
AlentejoCasa de SabicosMM RioPortugal

Related Articles

O Beaujolais Nouveau 2016 de Joseph Drouhin já chegou

A importadora Mistral já está distribuindo em suas lojas e em um grupo de restaurantes selecionados o Beaujolais Nouveau 2016

O brasileiro está bebendo menos vinho

  O consumo de vinho no Brasil, que já era baixo, caiu um pouco mais no ano passado. A comercialização

Bons espumantes para as festas de fim de ano

O Natal e o Réveillon se aproximam e para festejar estas datas tão especiais nada melhor do que um espumante

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*