Wine Sommelier e Casa Scalecci trazem bons vinhos do Velho Mundo

Wine Sommelier e Casa Scalecci trazem bons vinhos do Velho Mundo

Vinhos da Casa Scalecci

Duas novas importadoras de vinho apresentaram seu catálogo no final do ano passado, ambas com rótulos do Velho Mundo. Uma delas, a Wine Sommelier, de Florianópolis, trabalha com tintos e brancos da Espanha, França, Itália e Portugal. Foi criada por Carlos Souza, sommelier de profissão em Santa Catarina, e um amigo investidor. Uma especialidade da Wine Sommelier são os ótimos vinhos espanhóis do grupo Manzanos.

A outra empresa, com sede em Campinas, é um tanto diferente, pois distribui aqui apenas os vinhos que Rosario (Saro) Assenato e sua mulher Maria Angeles Botello engarrafam na vinícola pertencente à família dele na Sicília, a grande ilha do sul da Itália, com a marca Casa Scalecci. A propriedade pertence à família Assenato desde 1920, quando o avô de Saro comprou de uma princesa siciliana o Feudo Scalecci, situado perto de Pachino, região de Siracusa, no extremo sul da ilha.

Durante muito tempo a família Assenato vendeu suas uvas para grandes vinícolas sicilianas ou exportou seus produtos. Há cinco anos Saro e a mulher, a espanhola Angelines, criaram a marca Casa Scalecci, para vender no mercado internacional. Montaram também empresa própria para distribuí-los no Brasil, onde moram há 46 anos.

 

Wine Sommelier

Mas de Berceo Viura 2017

Bodegas Berceo/Grupo Manzanos – Navarra – Espanha – Wine Sommelier – R$ 80 – Nota 89

A família Fernández de Manzanos, com tradição vitivinícola desde 1890, possui 10 bodegas na Rioja e em Navarra. Produz rótulos comerciais e também ótimos vinhos, como este branco agradável, produzido com a uva local Viura, de grande frescor natural. Sem passagem por madeira, apresenta aromas de pêssego, em meio a notas florais. Em corpo médio, tem boa acidez e vivacidade. Um vinho bem seco, bom como aperitivo ou para acompanhar pratos leves do verão (13,5%).

 

Manzanos Crianza 2014

Grupo Manzanos – Rioja – Espanha – Wine Sommelier – R$ 200 – Nota 91

Tinto muito bem feito, fruto de 50% Tempranillo, 40% Graciano e 10% Garnacha. Repousa por 18 meses em barricas, sendo 70% de carvalho francês e 30% americano. Traz ao nariz ameixa, cereja e toques de tabaco. Tem bom corpo, é macio, equilibrado, fácil de beber. Mostra persistência na boca e agradável frescor (13,5%).

 

Wine Sommelier – Florianópolis, SC – Tel.: (48) 99945-8267. E-mail: info@winesommelier.com.br.

 

Casa Scalecci

Rocio 2016

Casa Scalecci – Sicília – Itália – Casa Scalecci – R$ 75 – Nota 90

Branco perfumado, feito com Sauvignon Blanc e a casta nativa Grillo. O caráter cítrico acentua o frescor, acompanhado de notas florais. Oferece bom volume na boca, acidez no ponto e algo mineral. Um vinho equilibrado, que se bebe com prazer (13%).

 

Massanaro 2015

Casa Scalecci – Sicília – Itália – Casa Scalecci – R$ 95 – Nota 90

Tinto bem feito, corte de 70% Nero d’Avola e 30% Cabernet Sauvignon, com passagem por carvalho. Lembra nos aromas framboesa, ameixa, com toques florais e de especiarias. Estruturado e com taninos maduros, oferece boa acidez, apesar do clima quente da Sicília, e agradável final (13,5%).

 


Related Articles

Dona Berta, tintos e brancos de vinhas velhas do Douro Superior

Em Freixo do Numão, coração do Douro Superior, na região de Vila Nova do Foz Côa, nordeste de Portugal, existe

Dia de São Vicente, protetor da vinha e do vinho

Domingo agora, 22 de janeiro, os franceses comemoram o dia de Saint-Vincent, padroeiro da vinha e do vinho. A data

Ravin apresenta novos tintos e brancos argentinos de muito bom nível

A importadora paulista Ravin, de Rogério D’Avila, renovou em seu catálogo a ala da Argentina e apresentou dias atrás novidades

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*