Novamente por aqui os vinhos elegantes da pequena bodega argentina Finca La Anita

Novamente por aqui os vinhos elegantes da pequena bodega argentina Finca La Anita

Os vinhos da Finca La Anita

A Calle Cobos, em Agrelo, Mendoza, é um dos endereços mais nobres da vinicultura argentina. Estão lá as sedes de vinícolas importantes, como Catena Zapata, Viña Cobos, Escorihuela Gascón e Bodega Chakana. Cobos fica na tradicional área de Luján de Cuyo e uma das pioneiras ali foi uma vinícola pequena, mas que fez história com seus vinhos de qualidade: a Finca La Anita, criada em 1992 pelo engenheiro químico e pianista Manuel Mas, que lhe deu esse nome em homenagem a sua mãe.

Os vinhos da Finca La Anita voltam agora a ter distribuição regular no Brasil, trazidos pela nova importadora TDP Wines/Total Wines, que tem à frente da sociedade o jovem e experiente Tiago Dal Pizzol. Os rótulos foram apresentados aos jornalistas em meados de novembro, em encontro organizado pela TDP Wines, com a presença do enólogo Richard Bonvin.

Quando Manuel Mas comprou a propriedade havia no local um campo cultivado com hortaliças e legumes. E um galpão rústico, que servia para guardar ferramentas. Manuel implantou vinhas e transformou o depósito em adega moderna, construindo assim uma das primeiras vinícolas butique da Argentina.

Em 2015 ele vendeu parte de Finca La Anita, e no ano seguinte a totalidade, para o grupo suíço Origin Wine Global Distribution. O diretor do projeto na Argentina é justamente Richard Bonvin, também nascido na Suíça. O grupo já era proprietário de duas vinícolas na África do Sul e de uma na própria Suíça, além de comercializar vinhos espanhóis, italianos e de outros países europeus por todo o mundo.

São 72 ha. de vinhas, na zona de Cobos, Agrelo

Na Argentina, os novos donos deram sequência ao ótimo trabalho iniciado por Manuel Mas e pela enóloga Soledad Vargas, que continua na equipe. Em Agrelo, a Finca La Anita possui 72 hectares de vinhedos, situados aos pés da Cordilheira dos Andes, a 1.050 metros acima do nível do mar, em solos franco-argilosos, com manchas limosas. Parte da vinha tem mais de 25 anos de idade, plantada em pé franco, e há uma parcela especial, em latada, com 70 anos, de Syrah.

O clima, como na maior parte de Mendoza, é desértico, seco, com chuvas escassas, menos de 200 mm por ano. Por isso, é imprescindível a irrigação, feita por gotejamento. Mas a grande amplitude térmica, a diferença entre os dias quentes e as noites frias, em média de 19º C, favorece a maturação completa das uvas, preservando a boa acidez. São cultivadas Malbec, Cabernet Sauvignon, Syrah, Petit Verdot, Pinot Noir, Merlot, Chardonnay y Sauvignon Blanc.

Os vinhos da Finca La Anita fazem parte da história da moderna vinicultura argentina e ajudaram a projetar a Malbec no mercado internacional. Além desta casta emblemática, destaca-se igualmente na adega a Cabernet Sauvignon, integrante do tinto top Varúa.

No total, a vinícola produz cerca de 330 mil garrafas de vinho por ano.  A linha de entrada traz a série Luna. Acima, ficam os vinhos que levam o nome da bodega. Provamos alguns dos rótulos da casa no encontro realizado em São Paulo.

 

Finca La Anita Varúa Blend 2017

Finca La Anita – Mendoza – Argentina – TDP Wines/Total Wines – R$ 429 – Nota 93

O tinto top da casa só é elaborado em anos extraordinários, com as melhores uvas obtidas na colheita. Por isso a composição muda a cada vez e a produção é sempre limitada. O Varúa de 2017 é um blend de 40% Merlot, 40% Syrah e 20% Cabernet Sauvignon, amadurecido por 15 meses em barricas novas de carvalho francês. Suculento, rico de aromas, traz ao nariz amora, cereja e frutas negras, mescladas a notas de grafite, café, tabaco e especiarias. Na boca é encorpado, equilibrado, macio, tem frescor, profundidade e muita elegância. A propósito, a vinícola informa que, em polinésio, varúa quer dizer alma, espírito e sonhos. Há um pouco de tudo isso nesse vinho grandioso (14,5%).

 

Finca La Anita Gran Corte 2017

Finca La Anita – Mendoza – Argentina – TDP Wines/Total Wines – R$ 199 – Nota 90

Tinto poderoso e vibrante, de perfil mais moderno, Novo Mundo. O rótulo faz referência ao corte de 59% Syrah, de uma vinha plantada em 1947, e 41% Malbec. Depois da fermentação o vinho passou 15 meses em barricas novas e usadas de carvalho francês. Apresenta ao nariz ameixa e frutas vermelhas, em meio a notas florais, de café e especiarias. Encorpado, tem taninos firmes, maduros, boa acidez e frescor final (14,5%).

 

Finca La Anita Malbec 2017

Finca La Anita – Mendoza – Argentina – TDP Wines/Total Wines – R$ 199 – Nota 91

Aqui estamos falando de um vinho de nível superior, bem apanhado, com riqueza de aromas e complexidade, amadurecido por 12 meses em barricas de carvalho francês e americano. Traz notas florais, de chocolate, tabaco e pimenta, em fundo de frutas, como cereja. Encorpado, estruturado, tem taninos maduros, macios e boa acidez. Mostra algo de gravetos secos e tem final longo, expressivo, com mineralidade e frescor. Um vinho de estilo clássico, mais austero (14,5%).

Luna Syrah 2018

Finca La Anita – Mendoza – Argentina – TDP Wines/Total Wines – R$ 79,90 – Nota 89

Tinto macio, com uvas de um vinhedo antigo, de 1947, ainda no sistema de parral (latada). Foi afinado por 12 meses em barricas usadas de carvalho francês. Lembra nos aromas ameixa, amora e especiarias. Tem corpo médio, com estrutura, boa acidez e equilíbrio. Um vinho fácil de beber (14,5%).

TDP Wines/Total Wines – Central de Atendimento ao Cliente: (11) 2651-5322

 

 

 

 


Tags assigned to this article:
ArgentinaFinca La AnitaMendozaTDP Wines

Related Articles

Provino 2019 abre novo espaço para o relacionamento entre os profissionais do vinho no Brasil

Público qualificado, mais de 120 vinícolas de 12 países diferentes, 200 marcas expositoras, 43 estandes, palestras interessantes, negócios à vista.

A grande Riesling e seus vinhos brancos maravilhosos

O consumidor brasileiro, apesar do clima quente, não é novidade, bebe pouco vinho branco. Provavelmente por desconhecimento, insiste nos tintos,

Brasil Vinhos recebe prêmio internacional por entrevista com Dominic Symington

Foi realizada hoje à tarde, ao vivo, pela Internet, a cerimônia de divulgação dos vencedores do Born Digital Wine Awards

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*