Brasil Vinhos recebe prêmio internacional por entrevista com Dominic Symington

Brasil Vinhos recebe prêmio internacional por entrevista com Dominic Symington

Foi realizada hoje à tarde, ao vivo, pela Internet, a cerimônia de divulgação dos vencedores do Born Digital Wine Awards (BDWA) 2019, um concurso internacional realizado na Bélgica e dedicado a premiar material digital de alta qualidade sobre o universo vinícola. Brasil Vinhos era o único site brasileiro na final, concorrendo na categoria “Entrevistas”, uma das sete colocadas em prova. Ganhou o terceiro lugar, com a entrevista: “Futuro do Douro está no equilíbrio entre a produção de Porto e a de vinhos de mesa”, diz Dominic Symington.

Esta edição do BDWA teve 313 concorrentes de todo o mundo. Eles poderiam apresentar artigos, fotos, vídeos e podcasts colocados no ar em 2019, escolhendo até três de sete categorias. A saber: Artigo de opinião sobre um tema de vinho; Turismo, com foco em vinho; Comida e Vinho; Sustentabilidade; Melhor Entrevista; Vídeo ou conjunto de fotos contando uma história ligada ao vinho; e um prêmio especial para inovação no setor vinícola.

O concurso foi criado em 2011, na Bélgica, e inicialmente era parte da European Wine Bloggers Conference, mais tarde conhecida como Digital Wine Communication Conference. De 2015 a 2017 passou a ser chamado de Born Digital Wine Awards by Wine Moderation.

Por fim, em 2018 surgiu a versão atual, depois que os organizadores assinaram um contrato de patrocínio com a indústria belga Vinventions, especializada em tecnologia para vedação de garrafas e soluções enológicas. A proposta do novo Digital Wine Awards with Vinventions é valorizar a sustentabilidade no mundo do vinho. A premiação também conta com patrocínio do grupo Coravin (EUA) e apoio de Wine.com (EUA), Vinocamp (França) e Sonoma State University (EUA).

Os 15 jurados do BDWA 2019

A BDWA é o único concurso internacional do gênero a aceitar material em vários idiomas, como inglês, francês, italiano, alemão, português e espanhol. A avaliação dos artigos, textos, vídeos e podcasts concorrentes é feita por um júri de especialistas de vários países, entre eles o jornalista brasileiro Marcelo Copello – que venceu no ano passado na categoria Vinho e Sustentabilidade. Copello participou da cerimônia de hoje, transmitida ao vivo, estando cada um dos 15 jurados em sua casa ou escritório, como requer este período de isolamento social por causa do coronavírus.

Os vencedores do BDWA 2019 e as categorias, na ordem de apresentação, foram:

Prêmio especial “Inovação” – Krister Bengtsson – Star Wine List (Suécia)

Prêmio especial “Sustentabilidade” – Felipe Pomes (Grupo VSPT) – Tayu Sustainable Project (Chile)

Melhor matéria de EnoTurismo – Dennis Lupuyade – The Urban Vineyards of Zürich (Suíça)

Melhor matéria de Food & Wine – Edgar Wilkening – Grünkhol um Wein – geht das? Eine tollkühne Foodpairing-Mutprobe (Alemanha)

Melhor história visual (fotos/vídeos) – Matt Wilson – The Land/Los Vascos (Chile)

Melhor Entrevista – Cathy Huyghe – Alice Feiring On Satire and Misogyny in the Wine Industry (EUA)

Melhor Editorial – Jane Anson – Why we need ethical fine wine (Revista Decanter – UK)

A entrevista que deu o 3º lugar a Brasil Vinhos, feita com Dominic Symington, representante de uma família inglesa que há muitas gerações se destaca no Douro, no norte português, foi postada em 13 de fevereiro de 2019. Dominic entende como ninguém o mercado de vinhos de Portugal e, especialmente, do Douro. Segundo ele, a região passa por nova fase e, se quiser manter o desenvolvimento econômico e social, precisa equilibrar a produção de Porto e de vinhos de mesa. Os vinhos do grupo Symington são distribuídos no Brasil pela importadora Mistral. Clique aqui para rever a entrevista com Dominic Symington.

 

 

 


Tags assigned to this article:
BDWA 2019Entrevista Dominic Symington

Related Articles

Château Los Boldos passa por grande renovação

O nome é francês, o dono é uma empresa portuguesa e o vinho, chileno. O Château Los Boldos, produzido no

Quinta do Vallado oferece um Porto de 1888

No universo vinícola, há coisas grandiosas que acontecem somente com o Vinho do Porto. Esta semana em São Paulo, João

Vigouroux, o Malbec francês de Cahors

Cahors, no sudoeste da França, é das poucas regiões do país que mantém vinhedos de Malbec. Em sua terra de

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*