Perfumado branco alemão combina com pratos condimentados

Perfumado branco alemão combina com pratos condimentados

A família Gries possui 5 hectares de terras

A importadora paulista Weinkeller, do casal Vivien Kelber e Tobias Welsch, é especializada na distribuição de vinhos alemães de qualidade, produzidos por pequenas vinícolas exclusivas, como a Gries, fundada em 1960 na região de Pfalz (Palatinado). A família Gries possui 5 hectares de terras em uma zona especial para o desenvolvimento da perfumada Gewürztraminer.

Seu branco é um Kabinett. Como se sabe, os vinhos alemães de nível superior, com predicados (QmP), são divididos por categorias que levam em conta principalmente o grau de maturação da uva. Nessa lista, o Kabinett é o inicial, correspondendo a um Reserva. Normalmente são os mais secos e menos alcoólicos dos rótulos com atributos. Mas a legislação atual também contempla os meio-secos (Halbtrocken ou Feinherb) entre os Kabinett e algumas outras categorias.

As vinhas, das Florestas do Palatinado ao Reno

Os vinhedos da família Gries são orgânicos e se estendem das encostas da Floresta do Palatinado até o início do vale do rio Reno. A variedade de solos e de microclimas permite o bom desempenho de diferentes castas. Na casa trabalham hoje Gerhard Gries e sua esposa Waltraud e o filho deles, Thomas, enólogo, com a mulher, Melanie. A adega fica no pitoresco povoado de Rhodt, que tem pouco mais de mil habitantes.

 

 

Gries Gewürztraminer Kabinett Feinherb 2014

Weingut Gries – Pfalz – Alemanha – Weinkeller – R$ 99 – Nota 91

Branco perfumado, com aromas intensos que lembram rosas, lichia e algum cítrico, além de notas de especiarias. Como se lê no rótulo, é um branco meio seco (Feinherb). Mas a sensação na boca é de um vinho seco, nada enjoativo. É untuoso, equilibrado, com acidez moderada e boa estrutura, bastante agradável. Pelo estilo, faz boa parceria com pratos condimentados, com a cozinha asiática, com a comida baiana e também com queijos de sabor intenso. A produção é reduzida, apenas 1.500 garrafas por ano (13,7%).

 


Tags assigned to this article:
AlemanhaGewürztraminerGriesPfalzWeinkeller

Related Articles

Escorihuela Gascón mostra boa expressão de diferentes áreas de Mendoza

A vinícola argentina Escorihuela Gascón pertence ao grupo de Nicolás Catena e, embora seja a mais antiga ainda em funcionamento

Achaval Ferrer, uma das joias da importadora Inovini

Durante toda esta semana, a importadora Inovini, braço do grupo Aurora, promove seu Road Show. Desta vez, a caravana vai

Douro tem vinhos com mais frescor

Os vinhos produzidos no vale do rio Douro, noroeste de Portugal, surpreendem sempre pela qualidade e consistência. Antes se destacavam

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*